A vila de Palmela, com cerca de 17 mil habitantes, dominada pelo seu imponente castelo de origem árabe, está localizada num contraforte da Serra da Arrábida, do alto do qual é possível observar, em 360º, toda a imensidão do espaço envolvente.

O castelo de Palmela, em conjunto com os castelos de Sesimbra e Alcácer do Sal, Sesimbra fazia parte de uma linha de defesa militar que permitia controlar, ao sul do Tejo, um vasto território terrestre, marítimo e fluvial, desde o oceano atlântico até bem ao interior da planície alentejana.

Trata-se de um concelho dominado pelas actividades agrícolas, das quais se destaca a viticultura (e a produção de vinhos), que ocupa cerca de 70% da área total de vinha dos concelhos da região vinícola de Setúbal.

A pastorícia e a produção de queijo são também actividades da maior relevância económica, tendo em conta a qualidade, o prestígio e a forte implantação do queijo de Azeitão no mercado.