Azeitão é um local de fortes tradições históricas e aristocráticas, tendo sido, sobretudo, a partir do século XV, que a nobreza aqui começou a construir palacetes e quintas brasonadas, algumas das quais ainda existentes, e de que se destaca, pela sua imponência, o palácio dos Duques de Aveiro.

Azeitão foi palco de alguns dos mais significativos episódios da História de Portugal, nomeadamente os que protagonizaram a extinção da Casa de Aveiro, em 1759, e a Revolução liberal de 1834.

Na região de Azeitão a vitivinicultura é uma actividade com forte expressão, sendo particularmente vocacionada para a produção de vinhos generosos, dos quais se destaca o famoso Moscatel de Setúbal.

É de Azeitão a denominação do mais famoso queijo de ovelha produzido em Portugal, sendo ainda de realçar as especialidades em doçaria regional, de que se destacam as tortas de Azeitão e os Esses.